Centinex “Death In Pieces”

Os Centinex, que este ano celebram 30 anos de carreira, mostram que ainda estão aí para as curvas.

Ler mais
Sorcerer “Lamenting of the Innocent”

“Lamenting of the Innocent” é um trabalho feito com muita alma, paixão e lucidez, de uma simplicidade e naturalidade desconcertantes.

Ler mais
October Falls “A Fall of an Epoch”

Explorando o ancestral, os October Falls criaram um álbum de fogo e fúria que presta juramento ao passado e à natureza numa época tão desligada das origens.

Ler mais
Grave Digger “Fields Of Blood”

“Fields Of Blood” é um verdadeiro tento que nos bate com enorme surpresa.

Ler mais
Alestorm “Curse of the Crystal Coconut”

Um lance de pirataria que nos roubará gargalhadas e headbanging!

Ler mais
Acârash “Descend to Purity”

Os Acârash criam um ambiente ocultista e macabro, havendo no ar todo um cheiro a incensos que estimularão a psique para que absorvamos as letras esotéricas.

Ler mais
Die Kreatur “Panoptikum”

Por todo este álbum paira uma atmosfera que tanto é explosiva como mórbida, sentindo-se um aroma a macabro e a misticismo.

Ler mais
Mountaineer “Bloodletting”

É o melhor trabalho da banda, mas sem deslumbrar ou deixar uma vontade contagiante de ouvir repetidamente.

Ler mais
Revenge “Strike . Smother . Dehumanize”

Dez temas ultra-brutais, uma verdadeira parede de som abrasiva, de fazer envergonhar muitas das bandas concorrentes.

Ler mais
Árstíðir lífsins “Saga á tveim tungum II”

Profunda e esmagadora aventura.

Ler mais