Tamás Kátai (Thy Catafalque): «”Naiv” é como uma fuga à dureza urbana e ao aperto sufocante da realidade»

“Naiv” é a nova proposta de Thy Catafalque, projecto avant-garde metal do húngaro Tamás Kátai.

Ler mais
Porta Nigra: «”Schöpfungswut” é como um grito primitivo»

Decadentes e fatalistas, os Porta Nigra entram em 2020 com uma sonoridade diferente da vanguardista executada em álbuns anteriores. Assim, com “Schöpfungswut”, os alemães prestam tributo às suas raízes com um black metal mais directo e circular, mas sempre repleto de atmosfera e melodia. A Metal Hammer Portugal falou com o guitarrista/letrista Tobias (aka Gilles de Rais) que nos esclareceu o porquê desta nova abordagem, assegurando que os conceitos perversos e degenerados não foram perdidos.

Ler mais
[Exclusivo] Don Anderson (Agalloch) recorda os EPs “The Grey” e “The White”
Os saudosos Agalloch tiveram uma carreira notável entre 1995 e 2016, deixando um legado composto por álbuns como “Pale Folklore” (1999), “Ashes Against the Grain” (2006) ou “Marrow of the Spirit” (2010). Entre esses e outros LPs, os norte-americanos também lançaram dois EPs experimentais com sonoridades afectas ao post-rock... Ler mais
XXVI Mangualde Hard Metal Fest: Parque de diversões da velha guarda
«Para manteres um festival tens de continuar a ser competitivo, ter um bom cartaz e evoluir dependendo sempre de apoios, patrocínios e espectadores.» Foi há vinte e três anos que José Rocha (JR), mentor do Mangualde Hard Metal Fest, passou das palavras à acção e criou o já emblemático... Ler mais
Grand Sounds PR: O Inferno fica no Leste da Europa

Em 2012, o ucraniano Oleksandr Maksymov dá início à Grand Sounds PR com o objectivo de promover álbuns e de estabelecer ligações entre as bandas e editoras que representa e os media que fazem chegar reviews e entrevistas aos seus leitores. A Metal Hammer Portugal falou com o fundador desta PR que já trabalhou localmente com nomes como Vader, Batushka e Overkill.

Ler mais
Saturnalia Temple: «A maioria das bandas tem uma atitude algo passiva e inconsciente em relação à sua sonoridade.»
Ao longo de mais de uma década de existência, os suecos Saturnalia Temple desenvolveram o seu próprio nicho dentro da cena occult doom metal, criando uma sonoridade psicadélica autêntica que caiu nas graças de Fenriz, dos Darkthrone, que celebrou o seu 40º aniversário com um mix de sete faixas... Ler mais
Disbelief: banda sonora do Apocalipse

Formados em 1990, os germânicos Disbelief ganharam a atenção da imprensa internacional depois do lançamento de quase uma mão cheia de demos, que os levou a partilhar palcos com nomes como Bolt Thrower, Six Feet Under, Death Angel, entre outros.

Ler mais
Fernando Ribeiro (Moonspell) sobre “Sin/Pecado”: «Tenho saudades de como se ouvia música, era uma maneira mais descomprometida»
Com a reedição de “Sin/Pecado”, o vocalista dos Moonspell fala sobre a forma como vê a nostalgia, a maneira como se ouvia música, a sua voz ao serviço da banda e o projecto solidário europeu que foi engolido pela economia. Ao telefone desde Viena, já que os Moonspell estavam... Ler mais
Chrigel Glanzmann (Eluveitie): «“Ategnatos” cresceu de forma muito orgânica e baseia-se em intuição»
Olhando para trás cerca de 15 anos, de um projecto de estúdio a uma banda importante na cena folk metal, os suíços Eluveitie tornaram-se num dos maiores e mais amados colectivos no seio desse panorama. Questionado se algum vez imaginou que isso poderia acontecer, o mentor e vocalista Chrigel... Ler mais
Brittney Slayes (Unleash the Archers): “Música deve causar uma impressão profunda para que nunca queiras parar de a ouvir e de sonhar”
Formaram-se em 2007, mas foi o ano de 2015, com o álbum “Time Stands Still” e com o acordo firmado com a Napalm Records, que fez com que os Unleash the Archers saltassem para a ribalta. “Apex” é o longa-duração mais recente (2017) e foi a carismática vocalista Brittney... Ler mais