Mario Duplantier (Gojira): «Por mais feio que o mundo possa ser, podemos mudá-lo»

Enquanto crianças a crescer em Ondres, uma localidade tranquila na costa sudoeste de França, Joe Duplantier e o irmão mais novo, Mario, construíam tocas, apanhavam madeira e galhos caídos dos bosques próximos para fazerem refúgios rudimentares nos quais se escondiam horas a fio para observarem os rituais diários do mundo natural a desenrolar-se lentamente.

Ler mais
Corey Taylor (Slipknot): «Estava numa banheira, nu, a ser filmado, com duas miúdas a mijar em mim»
Desde tomar o leme de Slipknot a tirar a máscara em Stone Sour, Corey Taylor já foi ao inferno e voltou. Mas como conta à Metal Hammer, já sentia o calor há anos. Nesta entrevista, temos Corey Taylor ao microscópio, e analisamos tudo: a sua vida em jovem, como... Ler mais
Fernando Ribeiro (Moonspell) sobre “1755”: «Vejo-o numa importância como se fizesse um livro novo ou uma ópera sobre o terramoto»
1 de Novembro de 1755Por volta das 9 horas e 30 minutos do dia 1 de Novembro de 1755, Lisboa tremeu, o mar invadiu as ruas, as pedras ruíram e a madeira ardeu. Era o Dia de Todos-os-Santos, milhares povoavam as igrejas e as vias de uma das maiores... Ler mais
Kerry King (Slayer): «Não importa o que os críticos dizem. Nunca importou.»
Kerry King, shredder dos Slayer, estava no caminho para ser um estudante de matemática. Graças a Satanás, depois descobriu a bebida, as miúdas e o heavy metal… Kerry King não toca apenas heavy metal, ele vive-o – o guitarrista dos Slayer passou 35 anos a criar algum do mais... Ler mais
Randy Blythe (Lamb Of God): «Se fosses um freak e se te vestisses como um freak, serias tratado como uma aberração»
Desde saltar comboios até Burn The Priest, o vocalista dos Lamb Of God é um herói acidental do metal. David Randall Blythe, mais conhecido por todos como Randy, tem testado os limites do heavy metal desde que, em 1995, se juntou a uma banda que se tornaria Lamb Of... Ler mais
Scott Fairfax (Memoriam): «É exultante partilhar o palco com alguém que te chama nomes e te manda lixar enquanto toca»
Scott Faifax, nascido em 1977, atingiu o estrelato ao ingressar nos Memoriam quando estes se formaram em 2016 após os históricos Bolt Thrower terem cessado actividades. Assim, nesta banda incluem-se os ex-Bolt Thrower Karl Willets (voz) e Andy Whale (bateria), e o ex-Benediction Frank Healy (baixo). Chegámos à conversa... Ler mais
Neraath (Enthroned): «”Cold Black Suns” é um álbum de black metal e nada experimental foi escrito aqui»
Logo à primeira audição percebeu-se que “Cold Black Suns”, o novo álbum dos belgas Enthroned, é um trabalho muito ritualista com ligação directa à Terra, ao invés dos habituais conceitos cósmicos. Não nos enganámos, e é o guitarrista Neraath que o confirma na entrevista abaixo publicada. Acto contínuo, as... Ler mais
Scott Fairfax (Memoriam): «Escrevi a maior parte do disco enquanto passava por um momento negro»
Entre nomes como Karl Willets, Andy Whale (ambos ex-Bolt Thrower) e Frank Healy (ex-Benediction), o guitarrista Scott Fairfax é o menos sonante, mas não é por isso que não tem uma posição a defender. O nome pode não ter o peso do dos amigos, mas ficará para a História... Ler mais
Black Cross: Sexta-Feira 13
Hoje, dia 14 de Junho de 2019, pelas 19 horas, acontece na FNAC Colombo a apresentação de “Sexta-Feira 13”, dos nacionais Black Cross, uma reedição da demo de 1986 acompanhada por um livro da autoria de Luís Neto, que dá-nos a conhecer a história nunca antes contada daquela que... Ler mais
Baroness: «Não quisemos impor quaisquer barreiras em nós próprios ou no processo de criação.»

Os norte-americanos Baroness estão de volta com “Gold & Grey”, aquele que consideram ser o seu trabalho mais ambicioso até à data.

Ler mais