Lares “Towards Nothingness”

Com o desenrolar do álbum tornam-se perceptíveis as influências sombrias da banda, tratando de temas como a loucura, misantropia e outras dimensões além da vivida pela humanidade.

Ler mais
Haken “Virus”

Haken “Virus”

Reviews 17 de Junho, 2020

“Virus” é uma referência para o metal progressivo.

Ler mais
Carach Angren “Franckensteina Strataemontanus”

Ao longo de 11 faixas vamos testemunhar experiências científicas que procuram o elixir da imortalidade, espíritos que vagueiam, vampiros e mortos-vivos.

Ler mais
Ulthar “Providence”

Ulthar “Providence”

Reviews 16 de Junho, 2020

Oito temas de blackened death ou deathened black metal, condensados em 36 minutos, são quanto baste para demonstrar complexidade e técnica sem qualquer tipo de pretensiosismos. Para lá do híbrido, apresentam-nos antes uma quimera de leads imponentes, riffs penetrantes e passagens melódicas.

Ler mais
Protest The Hero “Palimpsest”

Complexo, mas extremamente sedutor e catchy, “Palimpsest” é um trabalho criativo de alto relevo que nos faz ondular entre picos e vales emocionais.

Ler mais
Airbag “A Day at the Beach”

“A Day at the Beach” demonstra um traço ímpar de imprevisibilidade, mesclando sonoridades do progressivo com a insurgência da electrónica dos anos 1980, juntamente com elementos atmosféricos e da new wave.

Ler mais
Atavist “III: Absolution”

O terceiro capítulo na história dos Atavist trata duma viagem emocional, numa visão ciclópica e espiritual, angustiante e obstinada, apontada aos lugares mais recônditos da alma, onde escondemos os nossos sentimentos mais aterrorizadores.

Ler mais
Aversio Humanitatis “Behold the Silent Dwellers”

Aversio Humanitatis prova-nos saber fazer uso da dinâmica, arranjos intrincados e ambientes distintos nos quais se conjugam equilibradamente brutal, atmosférico e melódico.

Ler mais
Mushroomhead “A Wonderful Life”

Setenta minutos que teimam em soar ao mesmo, como se desligássemos o nosso aparelho auditivo e continuasse a tocar algo à nossa volta pelo qual já perdemos a atenção.

Ler mais
Arabs in Aspic “Madness and Magic”

Os Arabs in Aspic inscrevem o seu nome entre os parentes do prog com um álbum suficientemente enigmático para despertar o fascínio pela loucura e pela magia que habita regularmente na imaginação dum público tão exclusivo e dedicado como o dos indefectíveis seguidores deste género musical.

Ler mais