O vocalista dos Papa Roach, Jacoby Shaddix, recusa-se a ter vergonha e de renegar o passado nu-metal da sua banda, mas... «Adoro ser um dos ancestrais do nu-metal»: Jacoby Shaddix (Papa Roach) não renega o passado
Foto: Bryson Roatch

O vocalista dos Papa Roach, Jacoby Shaddix, recusa-se a ter vergonha e de renegar o passado nu-metal da sua banda, mas está empolgado com a perspectiva de moldar «um novo começo» para o quarteto californiano.

Entrevistado na nova edição da Metal Hammer, à venda neste momento, Shaddix é convidado a referir um fracasso épico na carreira da banda de Vacaville, reagindo fortemente com a sua resposta.

«Aos olhos dos críticos, o nosso segundo álbum “Lovehatetragedy” [2002] foi um fracasso épico», admite Shaddix. «Mas olho para trás com muito carinho. Foi um disco necessário para continuarmos a construir a nossa identidade. Sentimo-nos como se estivéssemos a ser classificados como algo de um só truque, e sentimos que havia muito mais na nossa banda do que nu-metal. Adoro ser um dos ancestrais do nu-metal, é do c*ralho, mas fomos capazes de viver mais do que isso e celebrá-lo ao mesmo tempo.»

A banda de Shaddix compilou um segundo volume de grandes êxitos, intitulado “Greatest Hits Vol. 2 – The Better Noise Years”, com lançamento a 19 de Março, sobre o qual o vocalista diz ter sido «um processo muito porreiro».

«Tenho eterna gratidão aos nossos fãs por permanecerem connosco nos altos e baixos», diz. «Tivemos grandes sucessos e grandes fracassos, mas somos corajosos o suficiente enquanto criadores para continuarmos a vir cá para fora, a deixar o nosso sangue na pista de dança e a arriscar. Esta é a nossa maneira de ficarmos por aqui quanto a isso, porque estamos a seguir em frente. Assinámos um novo contrato, portanto esta é uma excelente maneira de encerrar este período da nossa carreira. É um final, mas também é um novo começo.»

Por falar em novos começos, Shaddix está prestes a fazer sua estreia como actor, no novo thriller de terror “The Retaliators”. O single mais recente de Papa Roach, “The Ending (Remastered 2020)”, também fará parte do filme.

Consultar artigo original em inglês.