Os Inherently Lost continuam a promover o seu EP de 2020 exibindo uma sonoridade entre o death/black metal e o gótico,... Inherently Lost: carnificina pecaminosa

Origem: EUA
Género: dark metal
Último lançamento: “Our Last Midnight” (EP, 2020)
Editora: Entwined Recordings
Links: Facebook | Bandcamp

Os Inherently Lost continuam a promover o seu EP de 2020 exibindo uma sonoridade entre o death/black metal e o gótico, sempre orquestrações ominosas no encalço.

«O EP “Our Last Midnight” é um conjunto das influências de cada um dos membros.»

Último lançamento: «O EP “Our Last Midnight” é um conjunto das influências de cada um dos membros. Tem um pouco de black/death metal, um pouco de sons progressivos e um pouco de metal sinfónico, vozes femininas limpas e guturais mais profundos.»

Conceito: «O tema principal do EP tem a ver com as nossas culturas se terem tornado excessivamente industrializadas e dependem demasiado da tecnologia. Isto acabará por nos levar à destruição.»

Evolução: «O nosso som evoluiu de canção para canção à medida que escrevíamos em conjunto. Diria que partilhamos alguns sons com Cradle of Filth, Lacuna Coil, Jinjer e Oceans of Slumber. Temos uma reinterpretação de “Requim for A Dream” chamada “Requeim for the Lost” e uma cover de “Nymphetamine” dos CoF no EP.»

Review: Com uma sonoridade fortemente carregada por ambientes ominosos, estes norte-americanos misturam a ala death/black metal com passagens mais suaves (mas nunca luzidias) relacionadas ao dark e gothic metal. As dicotomias interligam-se constantemente: dum lado o tal death metal pesado e assustador com growls masculinos, do outro algum sentido épico com vozes femininas. O cruzamento acaba por ser pleno devido à inclusão de orquestrações, dando-se assim azo ao aspecto sinfónico que grassa temas como “Our Last Midnight”. Indicado para fãs de Epica e Lacuna Coil antigo.