Baterista dos experimentais Cynic, Sean Reinert foi encontrado inconsciente em sua casa na noite de 24 de Janeiro. Morreu aos 48 anos. Segundo o viúvo de Sean,... Doação dos órgãos de Sean Reinert rejeitada devido à sua orientação sexual

Baterista dos experimentais CynicSean Reinert foi encontrado inconsciente em sua casa na noite de 24 de Janeiro. Morreu aos 48 anos.

Segundo o viúvo de Sean, o músico era doador de órgãos. «Ele acreditava que, quando morresse, se os seus órgãos pudessem ir para alguém em dificuldades, isso seria excelente. Ele era incrivelmente gentil e dado em todos os sentidos imagináveis, como alguns dos seus amigos próximos sabem», escreveu Tom.

Tom prosseguiu com o desejo do falecido marido. Escreveu no Facebook: «Liguei ao pessoal da doação de órgãos e disse que estava pronto para proceder. A senhora ao telefone disse que era excelente e começou o questionário. Depois das primeiras questões básicas, perguntou se o Sean era um homossexual sexualmente activo. Sem pensar, eu disse ‘sim’ e quase sem pestanejar ela disse, ‘bem, infelizmente isso quer dizer…’, e fiquei paralisado porque sabia o que ela ia dizer. Ela disse mais umas palavras e interrompi-a, devolvi algumas palavras e desliguei o telefone.»

De seguida, o viúvo de Sean esclarece que o companheiro não tinha HIV ou qualquer DST, «mas porque é um homem gay a viver na América em 2020, não lhe foi autorizado um dos seus desejos finais, de doar os seus órgãos para salvar a vida de alguém.» «O governo prefere que as pessoas que esperam por um transplante morram em vez de lhes dar um dos órgãos do Sean. Como seu marido, isso enoja-me e deixa-me incrivelmente zangado.»

Ao lado de Paul Masvidal, Sean Reinert fundou os Cynic em 1987, banda com a qual lançaram discos de enorme importância no panorama prog, como “Focus” (1993). Ambos os músicos passaram pelos seminais Death entre 1990 e 1992, participando no álbum “Human” (1991).