Bobby ‘Blitz’ Ellsworth (Overkill): «Foi um estrondo fazer “The Wings of War”!»
Lendários de New Jersey, os Overkill têm em “The Wings of War” o disco mais recente lançado em Fevereiro de 2019 através da Nuclear Blast. «Foi um estrondo fazer “The Wings of War”!», exclama Bobby ‘Blitz’ Ellsworth em declarações ecoadas pela editora, caracterizando-o seguidamente como «algo velho que se sente novo outra vez». «Acho que conseguimos uns novos... Ler mais
Dani Filth e Wednesday 13 no novo álbum de The 69 Eyes
O novo álbum de The 69 Eyes intitula-se “West End” e tem lançamento a 13 de Setembro pela Nuclear Blast. Para além de terem finalmente recuperado parte da sonoridade que lhes deu fama com os álbuns “Blessed Be” (2000) e “Paris Kills” (2002), “West End” assinala também os 30... Ler mais
The 69 Eyes: 30 anos dos Vampiros de Helsínquia
Fundados em 1989, os The 69 Eyes são actualmente uma das bandas icónicas do gothic-rock. Ao longo de 30 anos, o grupo, que ficou conhecido como Vampiros de Helsínquia, passou por várias mutações – punk-rock, glam-rock, hard-rock, alt-rock e gothic-rock são os ingredientes de uma mistura que resulta sempre... Ler mais
Satyricon “Rebel Extravaganza”: rebeldia inesperada mas premeditada
Para uma enorme parte de adeptos de black metal, a perfeição do subgénero chegou em 1996 com “Nemesis Divina”, o terceiro longa-duração dos Satyricon, um álbum que é, de facto, um ponto de viragem no estilo em geral e uma influência ainda hoje sentida em bandas de black metal... Ler mais
Fredrik Åkesson (Opeth): os meus 5 discos favoritos de rock progressivo
Tendo em conta que os Opeth têm enveredado por sonoridades mais próximas de um progressivo clássico que conheceu o seu auge entre as décadas douradas dos anos 1960 e 1980, e que mais uma vez serviram de grande inspiração para “In Cauda Venenum”, o novo disco de Opeth,  perguntámos... Ler mais
Sonata Arctica “Ecliptica”: power metal renovado
Ainda que o aspecto comercial e popular do metal tenha sido estancado nos anos 1990 devido ao breve movimento grunge, a verdade é que o final dos 1980s e a década seguinte foram ricas no que diz respeito à evolução do género com grandiosos álbuns de black, death e... Ler mais
Andrea Ferro (Lacuna Coil): «Ainda sinto que “In a Reverie” é um bom álbum»

Para assinalar o aniversário dos 20 anos do disco de estreia dos Lacuna Coil, a Metal Hammer Portugal esteve à conversa com o vocalista e fundador Andrea Ferro.

Ler mais
[Opinião] 13 anos em medo para uma dose inoculada de megalomania descontrolada
Ingrato esse trabalho, o dos fãs que aguardam religiosamente por lançamentos eternamente adiados… Há algumas décadas não era incomum um artista lançar vários álbuns num ano, experimentando em tour ideias e jams que estavam ainda em construção. Mas com o passar dos tempos, a optimização dos processos de marketing... Ler mais
Mötley Crüe “Dr. Feelgood”: renascimento e morte

Decorria o ano de 1989. Os Mötley Crüe chegavam pela primeira vez ao top de vendas da tabela Billboard 200 com “Dr. Feelgood” e faziam-no sóbrios. Respirava-se compromisso no seio da banda e nunca haviam registado vendas tão rápidas como o faziam agora. Tudo parecia perfeito, quando na realidade caminhavam rumo a um novo abismo.

Ler mais
Tiamat “Wildhoney”: o início do dark metal
O ano de 1994 é, sem dúvida, um dos períodos mais prolíficos da cena metal. Durante esses 12 meses, fomos agraciados por discos como “Tales from the Thousand Lakes” (Amorphis), “Hvis lyset tar oss” (Burzum), “The Principle of Evil Made Flesh” (Cradle Of Filth), “Transilvanian Hunger” (Darkthrone), “In the... Ler mais