“Optical Delusions” é dinâmico, traz algo de novo, mas também respeita as origens, podendo ser a melhor obra alguma vez criada pelos Warlung. Warlung “Optical Delusions”

Editora: Heavy Psych Sounds Records
Data de lançamento: 09.10.2020
Género: stoner / heavy metal
Nota: 4/5

“Optical Delusions” é dinâmico, traz algo de novo, mas também respeita as origens, podendo ser a melhor obra alguma vez criada pelos Warlung.

Apesar de ser uma formação recente, o grupo texano lança o seu terceiro álbum de originais, seguindo o sucesso do fortíssimo rock implementado nos primeiros dois discos do quarteto. O heavy metal moderno fortemente apoiado num stoner rock de alto gabarito põe estes jovens americanos no auge da qualidade dos seus lançamentos com um portentoso “Optical Delusions”.

“Sleepwalker” apresentava uma temática mais macabra, mas musicalmente iniciou uma viagem ao stoner/heavy rock com trejeitos de sludge e algum rock psicadélico. “Immortal Portal” pode ter revelado uma evolução sobretudo no campo do heavy, mas este terceiro e mais recente longa-duração acaba por explorar todo o universo musical criado pelo quarteto.

As faixas “The Scorpion in the Sand” e “Snake Eyes” acabam por trazer ao de cima uma componente mais melódica que abre espaço a um dinamismo realmente criativo. No entanto, “Phantasmagoria” e “Order of the Solar Temple” apresentam uns Warlung mais heavy e bem mais stoner, mostrando as suas capacidades de prolongar uma raiz artística que lhes deu sucesso. Muitas vezes, equipa que ganha não se muda, e assim os Warlung seguem uma receita iniciada em “Sleepwalker” com uma estrutura temática muito consistente e com letras templárias e grandiosas – claro, este é um disco de novidades e de exploração daquilo que nem sempre foi explorado, pelo menos, de forma extensa. O tema “Sun Eater” expõe um dramatismo especial sem nunca exagerar na melodia ou até na melancolia rítmica, criando um dos grandes momentos deste “Optical Delusions”.

Na press-release, a banda revelou que este era um disco de intermédios, com uma componente de horror vis-à-vis mais rock, muitas vezes, puramente mais rock. Ora, “Optical Delusions” demonstra uma evolução realmente interessante de uma banda que cresceu ao longo dos anos, mas com uma maturidade já muito à frente do esperado, escrevendo de forma incessante. O álbum é muito polivalente, contendo heavy metal, rock psicadélico e stoner, e os géneros acabam por se complementar de forma exímia. Não existem momentos mortos num álbum repleto de boas malhas com melodia e peso à mistura. Os Warlung fazem parte do lote de bandas talentosas que enchem os ouvidos de um fã de música rock ou até metal, isto devido à forte inclinação do grupo para o heavy metal. “Optical Delusions” é dinâmico, traz algo de novo, mas também respeita as origens, podendo ser a melhor obra alguma vez criada pelos Warlung.