Cinco bandas post-punk que tens de ouvir! Post-punk: 5 bandas que tens de ouvir

-/-

She Past Away
Como nome mais implementado da nossa selecção, esta dupla turca já é conhecida do público português, tendo passado pelo nosso país em algumas ocasiões, com destaque para o concerto no Entremuralhas em 2014. Com batidas em backing track à moda dos anos 1980, realça-se a imagem de marca de uma guitarra ecoada e da voz grave hipnótica e poética.

-/-

Then Comes Silence
Os suecos deram nas vistas com o terceiro álbum “Nyctophilian” (2015) à custa do single “Strangers”, o que lhes valeu lançarem o quarto trabalho “Blood” (2017) pela Nuclear Blast. Em 2020 lançam “Machine” pela Oblivion, e singles como “Apocalypse Flare” continuam a provar o talento que os Then Comes Silence têm para criar hinos de um post-punk moderno que tem tanto de sensual como de mórbido.

-/-

Bragolin
Duo oriundo da Holanda, o projecto já passou por Portugal e deixou óptimas impressões. Simples mas cativante, com um certo aroma bucólico, a sonoridade da banda embrenha-se em quem ouve devido à drum-machine e aos sintetizadores orelhudos, às guitarras com influências no shoegaze e à voz suave de Edwin van der Velde.

-/-

IST IST
O som não engana: esta banda é de Manchester. Indicado para fãs de Joy Division, Motorama e Interpol, o post-punk algo revivalista dos IST IST emana aquela sensação de vagueação urbana e nocturna por ruas desertas em que apenas fracas lâmpadas alumiam um caminho que tem tanto de seguro como de perigoso.

-/-

VLURE
Originais de Glasgow (Escócia), a Metal Hammer Portugal só vê sucesso estampado neste nome mesmo que ainda numa fase muito embrionária da carreira. Com voz vigorosa, guitarras atmosféricas, baixo ritmado, bateria forte e sintetizadores que preenchem eficazmente de forma cativante, os VLURE, com a sua agressividade muito particular, podem vir a ter o panorama post-punk a seus pés.