Indicados para fãs de Deathstars, os SadDoLLs produzem um metal/rock gótico imensamente cativante com arranjos electrónicos poderosos. SadDoLLs: da Grécia com dor

Origem: Grécia
Género: gothic metal/rock
Último lançamento: “Call Me Pain” (single, 2020)
Editora: Trisol Music Group
Links: Facebook | Instagram

Indicados para fãs de Deathstars, os SadDoLLs produzem um metal/rock gótico imensamente cativante com arranjos electrónicos poderosos. Conhece a actualidade da banda imediatamente abaixo e sabe mais sobre o single “Call Me Pain”.

«Queríamos um resultado realmente massivo e agressivo para esta música, pois foi algo diferente em comparação ao que tínhamos feito anteriormente.»

Single e actualidade: «Devido à pandemia não conseguimos lançar o novo single a tempo, portanto saiu com algum atraso. Colaborámos com Sky Van Hoff, o produtor de Rammstein, e a masterização foi feita por Mika Jussila nos estúdios Finnvox, na Finlândia. Queríamos um resultado realmente massivo e agressivo para esta música, pois foi algo diferente em comparação ao que tínhamos feito anteriormente. De momento não há planos para um novo álbum por vários motivos. No entanto, planeamos lançar um novo single, com um vídeo, a cada seis meses. Vamos ver o que acontece. Esforçamo-nos para fazer a nossa cena enquanto todos sofremos com a situação actual, com os bloqueios, etc.. O principal objectivo que tínhamos ao lançar este single era apresentar o novo estilo dos SadDoLLs e dar um olá às pessoas que pensaram que tínhamos desistido.»

Conceito: «Não há um conceito específico. Ao longo dos últimos cinco anos mudámos para um estilo diferente, que foi totalmente inédito. Chamamos-lhe darkwave metal. Não sei se isso eventualmente existe. Por outro lado, é isso que queríamos promover. Guitarras pesadas com sons de teclado electrónico e analógico. A combinação soa bem aos nossos ouvidos. Espero que os nossos fãs também gostem das músicas! Em termos de letras, o nosso vocalista, o George, fez um trabalho muito bom. Acho que todas as músicas descrevem perfeitamente a situação em que geralmente causamos dor a alguém.»

Estilo e referências: «Como mencionado, produzimos darkwave metal. É o nosso próprio estilo e refere-se à combinação de muitos elementos que nos marcaram ao longo dos anos. Caso não seja um género existente, para nós está bom. Não chamaria evolução a isto. A ideia era apenas inovação. Não sei se temos êxito nisso, mas parece que as pessoas gostam da nossa música. As nossas referências musicais diferem muito. Somos cinco pessoas numa banda e temos gostos musicais completamente diferentes. Todos adoramos rock gótico e as cenas metal dos anos 1990 e 2000. De alguma forma, estamos bastante envolvidos com alguns caminhos industriais, black metal e metalcore também. Todos contribuímos para o resultado final. É assim que funciona.»

Review: Da Grécia, os SadDolls possuem uma sonoridade influenciada pelos sons do centro e norte da Europa. Aliado ao seu metal/rock gótico (que inclui guitarras pesadas, bateria forte e voz grave), o grupo evoca toda uma panóplia de arranjos electrónicos que dá uma cor intensa e multifacetada a músicas como “Call Me Pain”. Indicado para adeptos do gótico alemão e escandinavo (refiramos por exemplo Deathstars), há todo um ambiente de sedução versus condenação na música fria mas envolvente dos SadDolls. Muito aconselhável!