Os iranianos Arsames, que foram recentemente condenados a 15 anos de prisão por tocarem «música satânica», conseguiram fugir do país, conforme avança a Loudwire.... Arsames: banda iraniana condenada a 15 anos de prisão foge do país

Os iranianos Arsames, que foram recentemente condenados a 15 anos de prisão por tocarem «música satânica», conseguiram fugir do país, conforme avança a Loudwire. Anteriormente, Confess foi uma das bandas perseguida por aquele regime conservador.

Num comunicado envidado à referida publicação, a banda diz: «A nossa música é sobre a cultura antiga, história… Mas eles pensam que por berrarmos e tocar música rápida, estamos no satanismo!»

Continuam: «Fomos detidos em 2017 quando estávamos no nosso estúdio durante um ensaio. Levaram-nos para a cadeia nesse dia e não disseram às nossas famílias onde estávamos durante uma semana. Finalmente, após quase um mês, pagámos a fiança para sair da prisão e disseram-nos que não devíamos trabalhar, lançar [ou vender] o nosso merch até à ida a tribunal… E não falar com a imprensa! A nossa página de Instagram, website oficial… Banidos e postos abaixo durante um ano, mas criámos um novo Instagram e [começámos] a ser activos até há umas semanas, [quando] o tribunal nos chamou e deu-nos 15 anos de prisão. Portanto, tivemos de fugir do Irão.»