Inseridos no metalcore com influências hardcore, os Neither unem melodia, agressividade e sentimentos negros. Neither: no olho da escuridão

Origem: Itália
Género: metalcore
Último lançamento: “The Abyss” (2019)
Editora: Indelirium Records
Links: Facebook | Bandcamp
Entrevista e review: Diogo Ferreira

Inseridos no metalcore com influências hardcore, os Neither unem melodia, agressividade e sentimentos negros.

«Esperamos que as pessoas entendam as nossas músicas e o conceito por detrás desse trabalho.»

Objectivos: «O nosso objectivo passa por mostrar as nossas mudanças nas composições, com som melódico e agressivo ao mesmo tempo. Esperamos que as pessoas entendam as nossas músicas e o conceito por detrás desse trabalho.»

Conceito: «Queríamos representar metaforicamente a solidão de pessoas que, nas horas mais negras das suas vidas, se afundam num abismo de pensamentos sombrios. Como se pode sentir a escuridão profunda do abismo no olho de uma baleia, no olho humano, nos momentos de desespero, também se pode ver escuridão.»

Referências: «A nossa música é um metalcore clássico com muitas influências hardcore, como While She Sleeps, Parkway Drive e The Ghost Inside.»

Review: A sonoridade dos Neither divide-se entre modern metal, metalcore e post-hardcore, três subgéneros musicais que andam cada vez mais de mão dada e que é cada vez mais difícil diferenciá-los. Em faixas como “Sea of Silence” destacam-se os leads e os hooks de guitarra, a bateria desenfreada e a voz encorpada que tanto pode surgir grave como aberta. Apreciadores de, por exemplo, Bring Me The Horizon deverão prestar atenção a esta banda.