Com apenas um EP na bagagem, os Fearless End já encontraram a sua sonoridade, que deambula fluidamente entre black e thrash metal. O gosto... Fearless End: para consumir sem medo

Origem: Colômbia
Género: black/thrash metal
Último lançamento: “Fearless End” (EP, 2019)
Editora: Endless Death Productions
Links: Facebook | Bandcamp
Entrevista e review: Diogo Ferreira

Com apenas um EP na bagagem, os Fearless End já encontraram a sua sonoridade, que deambula fluidamente entre black e thrash metal. O gosto pela velha-guarda teve um papel muito importante neste crescimento.

«Encontrarão um som bastante decente, exactamente como o metal a sério deve soar.»

Último lançamento: «O EP de título homónimo foi gravado numa sessão ao vivo. Não houve processo de edição, portanto terão exactamente aquilo a que a banda soa. Encontrarão um som bastante decente, exactamente como o metal a sério deve soar.»

Conceito: «Falamos sobre sentimentos humanos, como ódio, desespero e depressão, mas também sobre coragem, força e perseverança. Musicalmente, encontrarão uma banda madura. Tocamos há muitos anos e agora estamos a fazer um excelente trabalho em conjunto. Conseguimos um som coordenado, limpo e violento, como muitas bandas metal dos anos 90.»

Referências: «Somos altamente influenciados por black metal, heavy metal, death metal e thrash metal. Podem ouvir claramente essas influências em todas as nossas músicas. Adoramos bandas metal da velha-guarda, como Bathory, Emperor, Death, Dissection, Manowar, Testament, Metallica, Megadeth e Iron Maiden. Agora, na Colômbia, temos muitas bandas boas, temos um excelente nível neste país.»

Review: Quarteto colombiano, os Fearless End podem ser uma banda da actualidade mas soam aos anos 80 do século passado – e de uma boa maneira. Em temas como “Consumed by Darkness” juntam o rasganço do thrash, a velocidade afiada do black e os leads do heavy de forma coesa e bem orientada para poderem soar a um só corpo de puro metal. Espera-se que possam dar os passos certos em direcção a um longa-duração pronto a abanar o underground.