Com o novo álbum “Medicine At Midnight”, dos Foo Fighters, prestes a ser lançado, Dave Grohl é o editor convidado da... Dave Grohl: «Ainda sonho que estamos nos Nirvana, que ainda somos uma banda»

Com o novo álbum “Medicine At Midnight”, dos Foo Fighters, prestes a ser lançado, Dave Grohl é o editor convidado da próxima edição da revista Classic Rock.

Em entrevista, o agora vocalista e guitarrista recorda os tempos passados em Nirvana enquanto baterista: «Quando me juntei à banda foi muito divertido. Vivia no sofá da sala do Kurt [Cobain], ensaiávamos num casebre, montávamos o nosso material e tocávamos aquelas músicas, as pessoas andavam por lá e ficava-se quente e suado. Adorava mesmo a ligação e o apreço que o público de Nirvana tinha pela banda.»

Em 2014, quando os Nirvana foram submetidos ao Rock and Roll Hall of Fame, Grohl juntou-se a Krist Novoselic e Pat Smear em palco, mas cantar aqueles temas antigos está fora de questão.

«Não me sentiria confortável a cantar uma música que o Kurt cantou», admite. «Sinto-me perfeitamente em casa a tocar aquelas músicas na bateria. E adoro tocá-las com o Krist e o Pat e outro vocalista. Ainda sonho que estamos nos Nirvana, que ainda somos uma banda. Mas não me sento em casa a passar pela “Smells Like Teen Spirit” sozinho. É um lembrete de que a pessoa responsável por aquelas lindas canções já não está connosco. É agridoce.»