Os 80s já lá vão mas simplesmente não desaparecem da cultura popular - e ainda bem, porque foram incríveis! Do Séc.... Laci Violett: o glam vive!

Origem: EUA
Género: glam metal
Último lançamento: “Laci Violett” (2020)
Editora: independente
Links: Facebook | Instagram

Os 80s já lá vão mas simplesmente não desaparecem da cultura popular – e ainda bem, porque foram incríveis! Do Séc. XXI mas com aromas de há quase 40 anos, os Laci Violett mantêm a chama do glam bem acesa.

«Os anos 80 vão continuar vivos e queremos carregar a tocha.»

Último lançamento: «O nosso objectivo era levar as pessoas a algumas décadas atrás, ao auge da cena glam de Hollywood (com um toque de humor). É tudo embalado com riffs pesados, solos de gritantes e vozes estrondosas. É o som que vai tirar Tawny Kitaen do Jaguar e pô-la no tejadilho a dançar. Estamos aqui para entreter o nosso público, tanto musical como visualmente. Quer estejam a ver um concerto ou a ouvir o nosso disco em casa, podem esperar muita diversão.»

Conceito: «Prestamos homenagem a tudo o que adoramos sobre o glamour dos anos 80. Liricamente, cobrimos várias temáticas do género com a nossa própria abordagem. Musicalmente, aspiramos ao som das grandes arenas dos anos 80 em conjunto com hooks cativantes. Queremos que o nosso álbum conceda a esta geração a atitude rock n’ roll que se deseja e que se mostre que ainda está viva e bem. Os anos 80 vão continuar vivos e queremos carregar a tocha.»

Influências: «Desde a nossa formação, procurámos ser uma banda underground de glam metal e mantivemos essa noção desde então. As nossas influências incluem Cinderela, Pretty Boy Floyd, Britny Fox, London, Tigertailz, Vain e praticamente qualquer outra banda de glam que exista. Queremos seguir os seus passos e continuaremos a ir nessa direcção futuramente.»

Review: Para certas bandas, o glam não morreu e o sucesso dos Steel Panther reforça a ideia de que ainda há um nicho que resiste, mais não seja pela parte cómica e pela relevante nostalgia. Dos EUA, chegam-nos os Laci Violett que incarnam tudo o que tem a ver com o estilo glam, tanto em relação à moda como à música. Sensuais, como não podia deixar de ser, o grupo possui uma bela habilidade para cativar os nossos ouvidos com riffs fáceis de absorver, vozes que misturam juventude e rebeldia, e refrãos cantaroláveis. Claro que os solos não foram esquecidos, valendo a pena ouvir o de “Snakebite”.