Hard-rock, heavy metal e luta pelos mais desfavorecidos ou silenciados é o que o podemos esperar dos suecos XT. XT: música pelos silenciados

Género: hard-rock / heavy metal
Origem: Suécia
Último lançamento: “Revived” (2019)
Editora: Talking Music
Links: iTunes
Entrevista e review: Diogo Ferreira

Hard-rock, heavy metal e luta pelos mais desfavorecidos ou silenciados é o que o podemos esperar dos suecos XT.

«O nosso objectivo é chegar o mais longe possível com a nossa música.»

Objectivos: «O nosso objectivo é chegar o mais longe possível com a nossa música. A música “The Silent Cry” é sobre incesto e violência, e nós queremos que toque as pessoas de modo a defender-se as crianças. É algo que deve cessar, deve terminar; devemo-nos erguer pelas crianças. Esperamos que as músicas falem por si. Queremos defender aquilo em que acreditamos. Também queremos representar os direitos das crianças, como nas canções “The Silent Cry” e “On The Run”. Queremos criar boas músicas para todos.»

Evolução: «O nosso som tornou-se mais pesado do que era no início. Evoluímos muito ao criarmos refrãos fortes, com a voz alta do Sonny. Também queremos que as músicas sejam narrativas.»

Influências: «Muita música dos 1970s e 1980s. Deep Purple, Pink Floyd, Genesis e Journey inspiram-nos.»

Futuro: «Ansiamos por digressões, concertos, conhecer muitas pessoas e que o disco venda bem. Em breve vamos compor novas músicas para um próximo álbum.»

Review: Após um hiato de 1995 a 2017, os suecos XT, fundados em 1991, regressaram em pleno com o álbum “Saved by the Blood” e agora, em 2019, com “Revived”. Destes nórdicos podemos esperar típicos temas de hard-rock / heavy metal dançante, o que resulta de guitarras e teclados à Van Halen. Nota positiva para a voz aberta e, por vezes, esganiçada, mas sem ser irritante, de Sonny Larsson.