Depois de terem dado o salto para a Nuclear Blast com o segundo álbum “Heroes of Mighty Magic” (2016), os suecos Twilight Force continuam... Twilight Force “Dawn of the Dragonstar”

Editora: Nuclear Blast
Data de lançamento: 16.08.2019
Género: power metal
Nota: 3.5/5

Depois de terem dado o salto para a Nuclear Blast com o segundo álbum “Heroes of Mighty Magic” (2016), os suecos Twilight Force continuam a contar as fantásticas histórias do Twilight Kingdom com a novidade “Dawn of the Dragonstar”.

Dragões, magos e rogues continuam a ser o foco central do lore e a sonoridade não é assim tão diferente daquilo que já conhecemos do grupo, mas há que salientar a adição de Allyon, o novo vocalista que substitui Chrileon, este que se ocupava das vozes desde o início da carreira dos nórdicos.

Portanto, afiem as lâminas, cozinhem as poções, consertem os escudos e cá vamos nós!

“Dawn of the Dragonstar” é simplesmente speed/power metal ultra-épico que contagia qualquer adepto da sonoridade e do panorama fantasioso, seja ele musical, cinematográfico ou literário. Ao longo de 10 faixas, vamos testemunhar movimentações épicas que nos remetem a bandas-sonoras de filmes como “Star Wars” ou mesmo “Indiana Jones”, podendo também imaginar-se pequenos seres místicos a saltitar aqui e acolá no meio de um bosque encantado. Ora dançante, ora aguerrido, mas sem nunca ser negro ou violento, as guitarras digladiam-se e desdobram-se em mil entre leads e solos velozes, mas são as orquestrações que mais pintam esta tela mitológica com cores muito garridas. Sem sabermos bem para onde nos virarmos, há sempre algo a acontecer – sejam instrumentos de sopro, coros cinematográficos ou brilhantinas sonoras (estas muito utilizadas, talvez em demasia). E porque se este é o reino dos Twilight Force, tudo pode ser multicultural quando nos deparamos com uma breve inclusão de banjo em “Thundersword” e secções com inspiração nipónica em “Blade of Immortal Steel”.

Aplauso final também para a prestação precisa e levada a bom porto de Allyon, que tem de elevar a sua voz a patamares muito exigentes para acompanhar todo o andamento musical aberto e veloz dos seus novos companheiros em Twilight Force.

Outras publicações: