"Cursed and Punished" é uma colecção de temas grandiosos e épicos por parte de uma banda que tem tanto de talento como de ambição! Toxikull “Cursed and Punished”

Editora: Metal on Metal Records
Data de lançamento: 13.09.2019
Género: heavy/speed metal
Nota: 4.5/5

Os dezoito meses que separam o EP “The Nightraiser” do segundo longa-duração “Cursed and Punished” permitiram aos Toxikull assinar dois contratos diferentes: um com a nova casa Metal On Metal Records e outro com o Diabo. Num género musical tão atávico quanto o metal pode ser, os Toxikull conquistaram o topo da montanha que se propuseram a desafiar aquando da sua formação, e partilham connosco a descoberta de uma nova estirpe de heavy metal.

Com influências deliberadas mas ao mesmo tempo desafiadoras do eterno King Diamond, o colectivo nacional projecta uma sonoridade robusta e detalhada de contornos clássicos e refinados, tendo como âncora a voz imaculada de Lex Thunder e o trabalho de guitarra partilhado com Michael Blade, com este último a debitar leads imponentes e a elevar a potência de um disco onde os picos são incontáveis.

A potência por detrás do tema-título faz-nos adivinhar que as restantes faixas reservam-nos um ataque sónico selvagem e desenfreado, com “Killer Night” a criar um bom balanço entre melodias melancólicas e sombrias e uma bateria trovejante que galopa lado-a-lado com as cordas intoxicantes deste colectivo, e o old-school de “Helluminate”, “Rising Dust” ou “Speed Blood Metal” a ser interpretado com fervor e dominado por riffs coesos, profundos e apaixonantes.

“Dark Glory” e o hino aos Mercyful Fate que é o último tema “In The Name of Evil” são mais dois momentos altos do disco, com os Toxikull a não se permitirem reduzir a velocidade e a provar que “Cursed and Punished” é uma colecção de temas grandiosos e épicos por parte de uma banda que tem tanto de talento como de ambição!