Trinta anos depois, os suecos Steelwings estão de volta aos discos com o título muito bem aplicado "Back". Steelwings: regresso em força

Género: hard-rock / heavy metal
Origem: Suécia
Último lançamento: “Back” (2019)
Editora: Sliptrick Records
Links: Facebook
Entrevista e review: Diogo Ferreira

Trinta anos depois, os suecos Steelwings estão de volta aos discos com o título muito bem aplicado “Back”.

«É hora de pôr os Steelwings no mapa novamente e trazer de volta algum do bom velho hard-rock / heavy metal dos anos 1980.»

Biografia: «Formámo-nos em 1982. Durante os anos 1980 trabalhámos muito e o nosso primeiro álbum “Steelwings” foi lançado em 1989. Após 10 anos de trabalho árduo, colocámos a banda em repouso em 1992. Mas agora, 30 anos depois, é hora de pôr os Steelwings no mapa novamente e trazer de volta algum do bom velho hard-rock / heavy metal dos anos 1980.»

“Back”: «Prestamos especial atenção à manutenção da vibração dos anos 1980, mas com um som actualizado, sem ser muito polido. O álbum é principalmente sobre passar-se um bom bocado, mas também há músicas com ideias líricas um pouco mais profundas. Com isso em mente, tentámos criar músicas com abordagens ligeiramente diferentes para criar um álbum mais interessante.»

Evolução: «Como já sabem, começámos a banda nos anos 1980 e tudo o que queríamos era tocar hard-rock / heavy metal. Então, com tempo, criámos o nosso próprio som e estilo, muito influenciado pela música que estava em voga naquela altura. E a realidade é que ainda adoramos esse tipo de música.»

Influências: «Óptima música dos anos 1980. AC/DC, Judas Priest, Dio, Saxon… A lista continua. E, claro, como este tipo de música era novo naquela época, a maioria causou impacto no que fizemos e ainda fazemos.»

Futuro: «Inspiramo-nos em todas as boas respostas que “Back” obteve. Portanto, agora estamos a compor música e a planear outro disco, muito cientes de que não pode demorar mais 30 anos a ser lançado.»

Review: Se gostas de heavy metal / hard-rock da velha-guarda, então estes veteranos suecos são para ti. Com uma carreira iniciada no longínquo ano de 1982, os Steelwings regressam aos álbuns 30 anos depois com o bem-aplicado título “Back”. Pelo que se ouve, os anos não passaram pela banda e estão a fazer aquilo que tanto gostam. O universo musical agradece este retorno e o tema “My Rock Is Hot” é mais um título adequado à força que os Steelwings nunca perderam, com especial destaque para os duelos de guitarra e o vigor vocal de Tommy Söderström.

Ver também: