Renascidos há poucos anos, os Sadistic Vision representam o underground norte-americano com o seu detah/groove metal sujo e áspero. Sadistic Vision: renascimento sádico

Origem: EUA
Género: death/groove metal
Último lançamento: “Rebirth” (2020)
Editora: Rotted Brain Records
Links: Facebook

Renascidos há poucos anos, os Sadistic Vision representam o underground norte-americano com o seu detah/groove metal sujo e áspero.

«É uma expressão actual de quem somos e de onde evoluímos juntos.»

O álbum: «“Rebirth” é composto por oito músicas que são um reflexo da nossa perseverança através dos obstáculos da vida e orgulhosamente mantendo-se fiéis ao nosso estilo e som. Os nossos objectivos passam por existirmos como banda de death metal tradicional e actual no meio de todos os estilos evoluídos de metal extremo de hoje em dia. Com este lançamento, temos a esperança de que as pessoas não ouçam duas músicas iguais e que fiquem interessadas do início ao fim.»

Conceito: «O conceito de “Rebirth” é basicamente um novo começo para o próximo capítulo da nossa banda, metaforicamente falando. As músicas possuem conceitos sobre viver-se a vida ao máximo porque o amanhã não está garantido, sobre ser-se reprimido e ultrapassar essa situação, sobre manter a sanidade como resultado de uma vida dura e abusiva, sobre discursos inflamados fictícios e acções de uma existência lunática. Nesse sentido, vem tudo das nossas raízes. Afinal, é death metal. É uma expressão actual de quem somos e de onde evoluímos juntos.»

Evolução e influências: «Subimos na cadeia alimentar pesada, por assim dizer. O nosso som é aquele que não tem interesse em elevar fasquias ou ser o mais rápido, pesado ou doentio. O nosso som tem energia ao vivo. Gostamos de tentar manter a atenção dos ouvintes. É o resultado de bocados de todas as influências que vêm dos nossos heróis Nuclear Assault, Overkill, SOD, Carnivore, Kreator, Death, Obituary, Sepultura, Malevalent Creation, DRI, Metallica, Slayer, Exhorder, Crumsuckers. Tentamos manter algum tipo de intensidade na agressão do groove musical independentemente do andamento. Sim… Groove aggresion é um termo apropriado que pode ser usado.»

Review: Feitos de death metal cru e sujo, estes veteranos do underground norte-americano também incluem noções de groove metal, como se pode ouvir em temas como “Sadistic Vision”, que encerra o álbum de 2020. Com riffs secos, ásperos e cheios de ritmo, que martelam pregos enferrujados, e guturais horripilantes, este projecto renascido há alguns anos é indicado para fãs de Obituary e para quem gosta de Pantera mas tem afinidade a sonoridades mais extremas.