Com este disco, os Regarde Les Hommes Tomber elevam a fasquia daquilo que ainda se fará durante 2020 dentro do post-black metal. Será um... Regarde Les Hommes Tomber “Ascension”

Editora: Season Of Mist
Data de lançamento: 28.02.2020
Género: post-black metal
Nota: 4/5

Chegados ao terceiro álbum, os Regarde Les Hommes Tomber entram no universo Season Of Mist e fecham uma trilogia com este “Ascension”, que prossegue a narrativa de “Exile” (2015).

Conceptualmente, os franceses mostram-nos, através da sua visão, o destino de alguns protagonistas das escrituras sagradas, em que todos estão presos a um fado, ao do inevitável caminho até à perda e derrota. Por exemplo, na fatídica “The Renegade Son” falam-nos de um pai santo deposto e que o seu trono será ocupado por um filho renegado. «Um deus que já desprezou um andarilho está agora perdido na Terra a pagar o preço do orgulho. Um longo exílio sob céus nevoeirentos, uma etapa de figuras estridentes e um caminho para longe da esperança», escreveram aquando da divulgação do single.

Musicalmente, um novo trajecto começa com a poderosa e a algo melódica “A New Order”, uma excelente apresentação do que é o post-black metal do colectivo de Nantes. Ao longo de quase 47 minutos, os Regarde Les Hommes Tomber pegam no que já conhecemos deste tipo de sonoridade e dão-lhe novas e negras dinâmicas que fazem efervescer em nós um sentimento de acusação, uma descida aos confins da culpa, um apontar de dedo à vaidade que fora enorme e que agora vê-se relegada à penúria. E quando todas estas percepções são absorvidas através de uma arte que é sonora, então é porque a banda está a fazer tudo certo.

De facto, este disco está perto da perfeição. A produção é fantástica, exibindo os instrumentos com uma clareza extraordinária – se as guitarras e as vozes são o centro das atenções, não podemos esquecer a profissionalíssima captação de uma bateria repleta de secções ímpares ao nível criativo, e temos de atentar aos momentos certos em que o baixo emerge em complementação do resto.

Por todo o disco, do princípio ao fim, os Regarde Les Hommes Tomber exibem uma clareza criativa e de direcção exemplares, como se pode ouvir nos riffs esmagadores da épica “The Crowning”. Acto contínuo, estes elogios serão também sentidos especialmente através da forma como contam uma história ao termos diversas secções que tanto enveredam por uma velocidade estonteante como tentam acalmar o êxtase através de segmentos menos céleres compostos por acordes dissonantes e drumming rolls hipnóticos, mesmo para perturbar, para se dizer que não há salvação, que o destino está traçado, que a ascensão duns será o exílio doutros.

Com este disco, os Regarde Les Hommes Tomber elevam a fasquia daquilo que ainda se fará durante 2020 dentro do post-black metal. Será, indubitavelmente, um dos melhores álbuns que ouvirás neste ano!