Randy Blythe é um animal de palco, é lá que se sente bem, é em cima dessa estrutura que mostra o monstro – no... Randy Blythe (Lamb Of God): «Odeio gravar discos. Odiei fazer este disco, odiei fazer todos os discos que já fiz.»

Randy Blythe é um animal de palco, é lá que se sente bem, é em cima dessa estrutura que mostra o monstro – no bom sentido da palavra – que é enquanto vocalista e artista, por isso dizer que é detestável estar enclausurado num estúdio a gravar não deverá surpreender ninguém.

O vocalista dos Lamb Of God partilhou isso mesmo com a Ultimate Guitar: «Odeio gravar discos. Odiei fazer este disco, odiei fazer todos os discos que já fiz. Não gosto disso. Eu gosto de fazer digressões, gosto de subir ao palco à maluco e ver toda a gente a passar-se, e essa comunicação, essa troca de energia com o público. O processo de gravar é um mal necessário para mim, com a minha banda, porque simplesmente não é divertido, portanto é sempre um desafio. Dito isto, esta foi a cena colaborativa mais descontraída – acho eu – que já fizemos. Nunca direi, ‘diverti-me a gravar’, porque não diverti. Vou dormir com dores de cabeça todas as noites; fisicamente, dói. A minha garganta dói, a minha cabeça dói, os meus ouvidos zumbem, ouço-me a cantar a mesma linha repetidas vezes enquanto adormeço, é como ‘repete, cala-te, cala-te’, portanto isso deixa-me maluco. É por isso que não posso estar em casa quando gravo. Não estou em condições para estar com os meus amigos, a minha família, tenho de sair e imergir nesse mundo.»

O novo álbum dos Lamb Of God de título homónimo será lançado em Maio.