Os cipriotas R.U.S.T.X dão-nos as boas-vindas a um mundo fantástico onde o heavy metal e o hard rock partilham um trono em constante desenvolvimento. R.U.S.T.X: céus infinitos

Origem: Chipre
Género: heavy metal/hard rock
Último lançamento: “Center of the Universe” (2019)
Editora: Pitch Black Records
Links: Facebook
Entrevista: Joel Costa | Review: João Correia

Os cipriotas R.U.S.T.X dão-nos as boas-vindas a um mundo fantástico onde o heavy metal e o hard rock partilham um trono em constante desenvolvimento.

«O nosso som fica mais completo e progressivo a cada dia que passa.»

Sobre o último trabalho: «”Center of the Universe” é um disco multidimensional em que o objectivo passa por levá-lo a cada canto do mundo, bar e headphones. Abrimos a porta ao nosso mundo de fantasia sem fim e queremos que as pessoas consigam perceber o poder da música e a quantidade de energia que a música pode ter.»

Sonoridade: «O nosso som fica mais completo e progressivo a cada dia que passa. Sempre que damos um concerto ou gravamos algo novo, evoluímos para algo novo e mais poderoso. Poderão encontrar referências musicais a bandas como Rush, Riot, Savatage, Triumph ou Led Zeppelin.»

Review: Os cipriotas R.U.S.T.X praticam heavy metal clássico progressivo de qualidade, com músicos de alto calibre que não escondem a devoção a nomes como Iron Maiden, Savatage ou Judas Priest. A título de exemplo, “Black Hearts” cumpre com toda a tradição anglófona dos anos 80, do desempenho instrumental à produção de luxo apresentada. Porque uma ilha paradisíaca tem de ter pelo menos uma banda à altura, a cultura do heavy metal tradicional em Chipre é bem curada pela mão dos R.U.S.T.X.