Com o primeiro álbum "Utopia Awaits", os Future Now convidam-nos a viajar pelos confins do espaço e do tempo através de um conceito baseado... Future Now: pelos confins do espaço e do tempo

Género: prog rock/metal
Origem: Reino Unido
Último lançamento: “Utopia Awaits” (2019)
Editora: independente
Links: Facebook | Bandcamp
Entrevista e review: Diogo Ferreira

Com o primeiro álbum “Utopia Awaits”, os Future Now convidam-nos a viajar pelos confins do espaço e do tempo através de um conceito baseado num romance sci-fi combinado com prog rock/metal. Um segundo álbum já está a ser materializado.

«Esperamos que as pessoas sejam guiadas numa jornada como nenhuma outra.»

Objectivos: «Estamos à procura de levar a banda até ao topo. Se a nossa base de fãs continuar a crescer e a apoiar-nos, continuaremos a dar a melhor música que os Future Now têm para oferecer. Uma vez que este álbum é o primeiro, sabemos que vai levar algum tempo até as pessoas nos encontrarem e para a música ser digerida, pois há 14 faixas originais no álbum. Esperamos que as pessoas sejam guiadas numa jornada como nenhuma outra. Este álbum cobre o espectro emocional do prog, rock, metal e muito mais. Se gostam de prog rock/metal, este álbum é obrigatório.»

Conceito: «“Utopia Awaits” é baseado num romance que eu [Jaz Hunter] escrevi, e é uma aventura de acção sci-fi que irá levar-vos aos confins do universo desde os dias de hoje até ao Séc. XXVIII. Há novos alienígenas, naves, planetas, tecnologia, criaturas e novos eventos desportivos futuristas que podem ser encontrados neste livro, e o nosso álbum permitirá que tenham a primeira visão desta jornada épica. Serão apresentados ao personagem principal e narrador da história, o Jackson. A jornada que ele tem de enfrentar pelo destino de um universo inteiro é cansativa e emocional, mas com a verdade finalmente apresentada, ele será libertado para lutar contra os males que estão no seu caminho de modo a salvar a vida do melhor amigo e da mãe de um destino pior do que a morte.»

Evolução: «O nosso som era bem diferente no início. Sabia o que queria alcançar com o tom geral e a qualidade musical deste projecto. Também queria ligar-me aos nossos fãs a um nível emocional. Ser capaz de ouvir uma música que genuinamente invoca uma resposta emocional é algo poderoso e belo, e este mundo nunca consegue ser o suficiente para isso. Após dez anos a compor músicas, estamos no topo do nosso jogo e só vai melhorar. Estamos muito entusiasmados para saber até onde este incrível álbum nos levará e esperamos viver uma jornada para o apresentar aos amantes de música.»

Futuro: «Agora que o álbum está disponível para o mundo o ouvir, estamo-nos a preparar para o levar para a rua e ver que respostas obtemos ao vivo. Também estamos a meio da gravação do segundo álbum. Tudo o que posso dizer sobre isso é que continua a partir do conto épico que é “Utopia Awaits”. Há algum mistério nisto, mas tudo se tornará visível quando a história for revelada. Está a tornar-se num álbum um pouco mais sombrio, mas seriamente mais prog e ainda mais épico e cheio de emoção crua. Estamos muito entusiasmados para partilhar o segundo álbum convosco, com os fãs e com qualquer pessoa que goste de prog rock/metal.»

Review: Entre riffs heavy metal e notas de sonoridade espacial, este projecto inglês brinca também com estruturas e tempos, originando uma audição que tem tanto de frenética como de suavidade. Isto tudo sem esquecermos os teclados que criam luzes nos nossos cérebros como se um painel de uma nave intergaláctica se tratasse. Com apenas um álbum, a banda procura chegar mais longe e “Utopia Awaits” pode ser um bom ponto de partida.