Os Demande à la Poussière apostam numa sonoridade desafiante cujo universo lírico gira à volta de "Ask the Dust", a obra do autor norte-americano... Demande à la Poussière: Perguntem ao pó

Origem: França
Género:  blackened sludge / post-metal
Último lançamento: “Demande à la Poussière” (2018)
Editora: Argonauta
Links: Facebook | Bandcamp
Entrevista: Joel Costa | Review: João Correia

Os Demande à la Poussière apostam numa sonoridade desafiante cujo universo lírico gira à volta de “Ask the Dust”, a obra do autor norte-americano John Fante.

«O disco é uma viagem ao Inferno e ao universo das doenças mentais.»

Missão: «O nosso objectivo passa por criar música massiva com boas letras. O nosso álbum foi algo de muita importância para nós e as pessoas que ouvem dizem-nos que é excelente e barulhento. O disco é uma viagem ao Inferno e ao universo das doenças mentais.»

Componente lírica: «As letras foram retiradas do livro “Ask the Dust”, de John Fante, algo que foi uma adição perfeita à nossa música. A mensagem é simples: tudo pode ser mudado, mas devemos eliminar da nossa mente a atitude simples e definitiva dos mais jovens pois a vida é algo real.»

Review: Trio parisiense que trilha o caminho muito próprio do blackened sludge/post metal, um subgénero marginal, mas bastante pesado e interessante. “L’univers” é um tema deveras difícil, agressivo e lento, desinteressado em explorar conceitos como melodia ou estética musical, mas focado na pintura de paisagens mentais perturbadoras, depressivas e de difícil absorção. Considerando que se formaram em 2017, é um trabalho promissor que se afasta do mainstream e do easy listening para dar vez a uma rispidez sonora conceitualmente negra. Indicado para fãs de EyeHateGod, Axis Of Perdition e Amenra.