Formados há largos anos, os Chinbjer só recentemente lançaram o primeiro álbum "Under Turanens pisk", apresentando assim o seu black metal melódico. Chinbjer: devoção ao black metal

Género: black metal
Origem: Noruega
Último lançamento: “Under Turanens pisk” (2018)
Editora: independente
Links: Facebook | Instagram
Entrevista: Soraia Almeida | Review: Diogo Ferreira

Formados há largos anos, os Chinbjer só recentemente lançaram o primeiro álbum “Under Turanens pisk”, apresentando assim o seu black metal melódico.

«O nosso som tem uma mistura de vários géneros, mas ainda assim é intenso e melódico.»

Objectivos: «Mostrar a nossa música ao mundo. Isto é apenas o começo, temos muito mais para mostrar brevemente.»

Sonoridade: «Queríamos mostrar ao mundo o nosso tipo de black metal. O nosso som tem uma mistura de vários géneros, mas ainda assim é intenso e melódico.»

Evolução: «O nosso som acabou por ser como o tínhamos pensado inicialmente. A banda foi formada há vários anos pela mente do guitarrista Aven. As primeiras músicas são datadas do início dos anos 1990. Mas devido a outros projectos musicais, isto foi colocado numa uma gaveta por muitos anos. Chinbjer voltou do túmulo em 2015, e nessa altura o vocalista e baterista entraram na banda. Então, em 2018, saiu este álbum e estamos muito felizes com o resultado.»

Influências: «Ao crescermos na mesma região de Gorgoroth e Trelldom, desde cedo fomos influenciados pela sua música e atitude. Muitos de vós poderão reconhecer que a nossa capa do álbum é semelhante a outro álbum épico de black metal. É amor verdadeiro!»

Futuro: «Ir para a estrada e dar concertos brutais pelos nossos queridos fãs.»

Review: Para fãs da vaga black metal norueguesa, este grupo, oriundo precisamente desse país, transporta-nos aos idos anos 1990 com o seu black metal ortodoxo enraizado tanto numa postura punk em certo momentos mais crus como em incursões velozes e melódicas, sendo isto a cereja no topo do bolo em temas como “Under Turanens Pisk”, com o seu clímax glorioso e bravio. Chinbjer é um projecto indicado não só para os seguidores da cena norueguesa, mas também finlandesa.