Ivo Durães (Burn Damage) sobre “Downward Passage”: «Todas as letras falam sobre o início da descida»
Inicialmente noticiado no final de Julho de 2019, e mesmo que se soubesse desde logo que só seria lançado em 2020, há um intervalo de quase oito meses entre o anúncio e o lançamento de “Downward Passage”, o novo EP dos Burn Damage. Agora que a novidade da banda... Ler mais
Omega Infinity: «Queríamos um canal directo e agressivo da nossa escuridão interior»

Ne Obliviscaris e Todtgelichter são as primeiras bandas que surgem quando se começa a ler sobre Omega Infinity, sendo que o mesmo é encabeçado por Xenoyr, um dos vocalistas do grupo australiano Ne Obliviscaris, e Tentakel P , mentor do projecto de post-metal alemão que pode ser considerado como uma banda de culto nesse nicho do underground.

Ler mais
Tiago Lopes (Her Name Was Fire): «O que seria do rock sem perigo, sensualidade, energia, extravagância, luxúria e sem subir o nível do volume até ao 11?»

Nas vésperas de lançarem o segundo álbum “Decadent Movement”, Tiago Lopes foi o porta-voz de Her Name Was Fire, banda portuguesa que reúne stoner, sleaze, alternativo e algum metal à mesma mesa. Nesta entrevista fala-se de evolução, de uma forma de estar sóbria e lógica e da recuperação do perigo e sensualidade no rock.

Ler mais
Nergal: «Estou aqui para picar as pessoas»

Conhecido como líder dos muito significativos Behemoth, Nergal tem em Me and That Man o seu projecto paralelo e mais pessoal que transborda as fronteiras do metal sem olhar para trás, tratando-se de uma sonoridade blues e country.

Ler mais
Gautier Serre (Igorrr): «A vida não é apenas uma cor»

Igorrr: único e imprevisível.

Ler mais
King Dude: «Este é um momento louco para a música, mas não pretendo parar»

Para algumas pessoas, o novo álbum de King Dude, “Full Virgo Moon”, pode ter sido uma surpresa, tanto pela forma espontânea com que surgiu como pelo facto de o norte-americano ter recuperado um método minimalista de composição deixado para trás há alguns anos.

Ler mais
Leif Edling (Candlemass):  «Temos um lançamento muito porreiro, quase de graça!»
Não é preciso grande apresentação. Fundados em 1984, os Candlemass são pioneiros do epic doom metal e arrasaram em 2019 com o álbum “The Door to Doom”. Cada vez mais habituados a EPs vindos dos suecos, era expectável que mais um pudesse surgir, mas talvez não tão rapidamente. A... Ler mais
Martín Méndez (Opeth, White Stones): «Death metal está dentro de mim»

White Stones é o projecto pessoal de Martin Mendez, baixista dos gigantes Opeth, e surge com o primeiro álbum “Kuarahy”, nome relacionado ao seu local de nascimento no Uruguai. O disco representa um regresso às suas raízes, tanto familiares como musicais, explorando os caminhos esquecidos dos seus antepassados através do género musical que continua a ser o seu verdadeiro amor – death metal.

Ler mais
Hermano Marques (Earth Drive): «Acreditamos que o que é honesto e feito com muita paixão, mais cedo ou mais tarde terá a sua gratificação»

Entrevista com Hermano Marques, dos portugueses Earth Drive.

Ler mais
[Exclusivo] Nergal: «Quando me chatear com a política polaca, talvez seja boa ideia mudar-me para Portugal»

Em entrevista concedida por Nergal (Behemoth) à Metal Hammer Portugal a propósito do novo álbum do seu projecto blues/country Me and That Man, o polaco partilhou algum do conhecimento e gosto que tem por Portugal.

Ler mais