Considerando "Primal Energies" o seu álbum mais poderoso, os Acid Death pretendem continuar a melhorar. Acid Death: energias mais do que primárias

Origem: Grécia
Género: progressive death metal
Último lançamento: “Primal Energies” (2019)
Editora: 7hard
Links: Facebook | Bandcamp
Entrevista e review: Diogo Ferreira

Considerando “Primal Energies” o seu álbum mais poderoso, os Acid Death pretendem continuar a melhorar.

«Toda a gente tem a opinião de que é o álbum mais bem-sucedido e poderoso da banda, e estamos muito felizes por saber isso!»

Último álbum: «”Primal Energies” é o sexto álbum de Acid Death, lançado em Março de 2019. Toda a gente tem a opinião de que é o álbum mais bem-sucedido e poderoso da banda, e estamos muito felizes por saber isso! Após o regresso da banda em 2011, houve uma melhoria a todos os níveis e continuaremos a melhorar todos os dias.»

Conceito: «Não existe um conceito específico, mas pela primeira vez tentámos ir ao encontro de tópicos como Ciência e História. As letras são uma parte importante dos álbuns de Acid Death, por isso continuamos a praticar coisas novas.»

Sonoridade: «O nosso estilo é progressive death metal. Há influências da cena americana / europeia de death metal, jazz e fusion. Os fãs de Atheist, Cynic e, claro, Death vão gostar de nós de certeza!»

Review: Veteranos dos metal grego, os Acid Death têm sido mais prolíficos em lançamentos na sua segunda vida (desde 2011) do que na primeira (1989-2001). Com vocais direccionados ao panorama do death metal melódico, as guitarras inclinam-se muito mais para o thrash metal, com bons riffs, como se pode ouvir no tema “Reality and Fear”. Uma abordagem progressiva também pode ser sentida quando nos deparamos com estruturas e elementos exteriores aos subgéneros atrás referidos.