Inspirados na expulsão da raiva que surge das frustrações, os Shildrain apresentam um groove metal bem executado e que fica no ouvido. Shildrain: expulsar a raiva

Género: groove metal
Origem: Brasil
Último Lançamento: “Drained” (EP, 2019)
Editora: independente
Links: Facebook | Bandcamp
Entrevista e Review: Diogo Ferreira

Inspirados na expulsão da raiva que surge das frustrações, os Shildrain apresentam um groove metal bem executado e que fica no ouvido.

«Estamos a trabalhar em algumas músicas novas e planeamos gravá-las no próximo ano.»

Objectivos: «O nosso principal objectivo é alcançar o máximo de metaleiros que pudermos e deixá-los conhecer a nossa música. E sermos convidados para tocar estas músicas fora da nossa cidade e fora do nosso país.»

Conceito: «As nossas músicas são sobre expulsar o ódio e a raiva que surge de frustrações e traumas que, às vezes, não temos coragem de falar. E esses sentimentos, quando os mantemos trancados no fundo de nós mesmos, podem fazer-nos uma merda muito má. Então, colocamos esses sentimentos em cada riff, voz e batida de bateria. É daí que vem o ‘peso’ da nossa música.»

Evolução: «Adoramos música pesada. Quando eu (Alexandre) decidi começar esta banda, tive a ideia principal de que as músicas precisavam de ser pesadas com’ó caraças. Então, tive sorte em ter encontrado outros três tipos com objectivos musicais semelhantes. Quando estamos a compor, cada sugestão e ideia é testada em benefício da evolução da música, de modo a que ela possa ser executada a 120%.»

Influências: «Bandas como Sepultura (principalmente o Max), Machine Head, Gojira, Ektomorf, Pantera, Meshuggah, Jinjer, entre outras, são grande inspiração para nós. E acho que perceberão essas influências na nossa música (claro que algumas são muito mais evidentes do que outras).»

Futuro: «Estamos a trabalhar em algumas músicas novas e planeamos gravá-las no próximo ano. Enquanto isso, estamos a tentar participar em alguns festivais, concertos, festas de aniversário, casamentos – qualquer festa em que possamos tocar e abanar o capacete.»

Review: Indicados para fãs de Pantera e Sepultura, esta banda brasileira apresenta cinco temas abrasivos no mais recente EP lançado em Abril de 2019. Os Shildrain vivem essencialmente das malhas de guitarra cheias de groove, mas que, devido a diversas influências, escapam para outros subgéneros, como o death metal ouvido nos riffs da faixa “Kill’em”. As sementes estão a germinar, por isso esperemos por um próximo lançamento de semelhante ou maior qualidade.

Outras publicações: