Dani Filth (Cradle of Filth): «Nunca pensámos que éramos satânicos, achámos que era engraçado.»
Numa altura em que o black metal está a passar por uma fase de aparente popularidade, especialmente devido à ascensão do post black metal, à actividade mundial dos Mayhem e à exibição do filme “Lords of Chaos”, o lado criminoso do estilo musical tem também as suas revisitações, pois,... Ler mais
Compositores clássicos que qualquer metaleiro adora
Com o recente lançamento de “Veleno”, o novo álbum dos sinfónicos Fleshgod Apocalypse, a Metal Hammer Portugal escolhe alguns compositores clássicos que qualquer metaleiro adora, ou passará a adorar. Tchaikovsky (1840-1893)“They told me I could use any instruments I wanted – so I used cannons” é a inscrição do... Ler mais
As músicas mais miseráveis de sempre, por Lena Abé (My Dying Bride)
Conhecidos como uma das bandas históricas do death/doom metal melódico, os My Dying Bride têm na sua discografia álbuns relevantes como “Turn Loose The Swans” (1993), “The Dreadful Hours” (2001) ou “A Map of All Our Failures” (2012), e algo que lhes dá muito gosto, e aos fãs também,... Ler mais